Espalhe por ai:

Para encerrar a temporada com chave de ouro, o Remo tem a chance de se sagrar bicampeão da Série C. Curiosamente, o Leão volta a uma final nacional contra um Vila Nova-GO. Aliás, há quase meio século, na primeira edição da Série B, o clube azulino enfrentou um Villa Nova (sim, com dois ‘L’), só que de Minas Gerais, na decisão. O ano era 1971.

Na época, a Segundona era conhecida como Campeonato Nacional de Clubes da Primeira Divisão. O torneio tinha 23 equipes, com quatro já classificadas para a segunda fase – inclusive o Villa Nova-MG. As outras 19 foram dividas em cinco grupos.

O Remo disputou a primeira etapa na chave D, ao lado do rival Paysandu, da Tuna Luso e do Sport Belém e se classificou após acumular três vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Na segunda fase, o Remo despachou o Rodoviário-AM (duas vitórias, por 1 a 0 e 4 a 2) e nas semifinais, o Itabaiana-SE (empate em 0 a 0 e vitória por 2 a 0).Com isso, o Leão chegou à final e enfrentou o Villa Nova-MG, que eliminou o Central-RJ e a Ponte Preta-SP.

FINAIS

Nas duas primeiras partidas, uma vitória para cada lado. Na ida, 1 a 0 Remo no Baenão – gol de Ernani. Na volta, no Independência, 3 a 0 Villa Nova – gols de Dias, Jésum e Paulinho. Sem critério de desempate, um jogo extra foi marcado novamente em Belo Horizonte. Jeremias até abriu o placar para o Remo. Mas Mário Lourenço deu uma nova vitória para o Villa Nova, que ficou o título.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Remo-campe-o-norte-nordeste.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Remo-campe-o-norte-nordeste-150x150.jpgDa redaçãoEsportesPara encerrar a temporada com chave de ouro, o Remo tem a chance de se sagrar bicampeão da Série C. Curiosamente, o Leão volta a uma final nacional contra um Vila Nova-GO. Aliás, há quase meio século, na primeira edição da Série B, o clube azulino enfrentou um Villa...