Espalhe por ai:

Na manhã desta sexta-feira (23), o Governo do Pará publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE), a atualização do decreto que flexibiliza as medidas restritivas contra a propagação da covid-19 em regiões paraenses. Com a mudança, a Região Metropolitana de Belém, Marajó Oriental, Baixo Tocantins e Nordeste passam para o bandeiramento laranja e suspendem medidas como o toque de recolher, liberam praias e restaurantes podem funcionar até 0h.

Região Metropolitana de Belém sai do bandeiramento vermelho; veja

A mudança de bandeiramento tem como base estudos científicos e análises da capacidade do sistema de saúde do comitê estadual de enfrentamento à covid-19.

Confira as principais mudanças válidas a partir desta sexta:

Fica permitida a realização de eventos privados com até 50 pessoas e a apresentação de músicos/artistas em número de até seis;
Fica permitido o funcionamento de restaurantes, lanchonetes, bares e estabelecimentos afins até 00h, respeitando a lotação máxima do local;
Fica suspenso o toque de recolher;
Fica permitido o funcionamento, sem a necessidade de agendamento individual, de academias de ginástica, clínicas de estética, salões de beleza, barbearias e estabelecimentos afins;
Fica permitida a prática de esportes coletivos;
Reabertura de praias, balneários e clubes recreativos sem limites de dias;
Funcionamento do comércio sem restrição de horário.

Permanece proibido o funcionamento de boates, casas noturnas, casas de show e realização de shows e festas abertas ao público, assim como a comercialização de bebidas alcoólicas no período entre 00h e 6h.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/04/Feriado-1024x512.jpeghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/04/Feriado-150x150.jpegDa redaçãoParáBandeiramento laranja,Mudanças,pandemia,ParáNa manhã desta sexta-feira (23), o Governo do Pará publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE), a atualização do decreto que flexibiliza as medidas restritivas contra a propagação da covid-19 em regiões paraenses. Com a mudança, a Região Metropolitana de Belém, Marajó Oriental, Baixo Tocantins e Nordeste passam para...