Espalhe por ai:

O número de pessoas contratadas de forma temporária no Pará este ano deverá ser 3% superior ao do ano passado, segundo a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belém (CDL). Neste período de final de ano, os contratos temporários são muito comuns por conta das festas de Natal e Ano Novo, que movimentam o comércio belenense. A nível nacional, levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostrou que a movimentação do comércio deve injetar cerca de R$ 25 bilhões na economia em dezembro. Portanto, a tendência do mercado é reforçar a mão de obra para atender a demanda.

Segundo o presidente da CDL Belém, Álvaro Cordoval, Belém deve seguir o mesmo ritmo. “Estamos otimistas em relação às contratações. Acreditamos que vamos contratar, em relação ao ano passado, 3% mais, com chances inclusive de parte das contratações se efetivarem. Os segmentos de modo geral vão contratar em menor percentual, porém, as áreas com as maiores demandas são o comércio como um todo e a construção civil. Dentro do comércio, terão mais vagas os estabelecimentos de confecções, calçados, eletrodomésticos e eletrônicos, que são as lojas com a movimentação maior nesta época”, explica Álvaro.

Uma das pessoas que conseguiram uma vaga temporária este ano foi a Brenda Quaresma, de 24 anos. Ela conta que estava procurando há algum tempo, mas só começou a trabalhar recentemente, no dia 26 de novembro, quando conseguiu uma oportunidade. Seu contrato segue até 30 de dezembro, após o Natal. “Tem sido uma experiência maravilhosa e acho que é uma boa chance de ganhar dinheiro. Quero evoluir e conseguir uma vaga efetiva”, adianta a trabalhadora.

Especialista orienta trabalhadores temporários

Como muitas vagas temporárias viram efetivas após as festas, a presidente executiva da Associação Brasileira de Recursos Humanos no Pará (ABRH-PA), Cármen Mateus, orienta sobre o que os trabalhadores podem fazer para garantir uma vaga fixa e estender o contrato para um trabalho permanente após as comemorações.

Para aumentar as chances de contratação, ela diz que é preciso demonstrar interesse e foco no trabalho, além de estudar a empresa, observar como ela funciona, os produtos que ela vende e os serviços que ela presta. “Observe para aprender com a experiência dos que já estão na empresa, e não tenha vergonha de pedir ajuda naquela tarefa que você tem dificuldade. Faça o seu melhor, esteja disposto a fazer mais do que lhe foi pedido. E também é muito importante saber trabalhar em equipe e procurar construir bons relacionamentos profissionais”, enfatiza.

Cármen ainda indica que o trabalhador não deve perder prazos, para mostrar compromisso, entregando suas tarefas na data prevista. Segundo ela, os empregados também precisam ter iniciativa e acabativa, não deixando as tarefas pela metade. “Ao ser contratado, não abandone todas essas dicas, continue aprendendo, desaprendendo e reaprendendo para se destacar em meio à competitividade do mercado, para atender de forma completa aos consumidores cada dia mais exigentes”, pontua a presidente da associação.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Carteira-de-trabalho-Marcello-Casal-Jr-1-1024x512.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Carteira-de-trabalho-Marcello-Casal-Jr-1-150x150.jpgDa redaçãoEconomiaO número de pessoas contratadas de forma temporária no Pará este ano deverá ser 3% superior ao do ano passado, segundo a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belém (CDL). Neste período de final de ano, os contratos temporários são muito comuns por conta das festas de Natal e Ano...