Espalhe por ai:

O corpo do padre José Ronaldo de Brito, 37 anos, foi encontrado em estágio de decomposição por volta de meio-dia deste domingo (3) em Santarém, no oeste do Pará. Natural de Pernambuco, a vítima foi achada morta por populares, em uma casa no bairro Bela Vista do Juá. Apesar de testemunhas relatarem que marcas de perfuração podiam ser vistas no corpo do vigário, peritos do Instituto Médico Legal (IML) não puderam apontar, com precisão, se a morte foi causada por estes supostos golpes por arma branca.

De acordo com a Polícia Civil do município, provavelmente o padre Ronaldo foi assassinado na sexta-feira, 1º de janeiro, dia em que celebrou a última missa. No dia da morte, um homem suspeito de ter cometido o assassinato teria se envolvido em um acidente com o veículo da paróquia, que invadiu o muro de uma residência na avenida Fernando Guilhon. O acusado, que não teve a identidade informada, também teria sido visto usando um cordão que pertencia ao padre.

A morte foi confirmada pela Arquidiocese de Santarém em nota, que se disse “envolvida pelo sentimento de consternação” ao informar sobre o caso. “Outras informações relacionadas ao fato serão divulgadas posteriormente”, diz um trecho da nota, que pediu ainda “orações da comunidade cristã em nossa Arquidiocese”, sob assinatura de Dom Irineu Roman, Arcebispo Metropolitano de Santarém.

Em um comunicado, a Prefeitura Municipal de Belterra, manifestou “o mais profundo pesar pelo falecimento de Padre Jose Ronaldo Brito, pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua de Belterra”. Segundo a nota, o líder religioso “prestou inestimáveis serviços a comunidade belterrense” e “é dever do poder público render justas homenagens aqueles que com seu trabalho, seu exemplo e dedicação ao povo, contribuíram com o bem estar dos municípes”.

Neste domingo, a comunidade o esperou até às 9h. A missa foi celebrada por um Ministro da Eucaristia. Padre Ronaldo também coordenava a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Santarém.

Uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC) foi acionada para fazer a remoção do corpo. O corpo do religioso foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) para sepultamento amanhã em Santarém. Durante a noite, houve um cortejo fúnebre até Belterra, entretanto não haverá velório.

FONTE: Oliberal

 

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/WhatsApp-Image-2021-01-03-at-13-43-17.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/WhatsApp-Image-2021-01-03-at-13-43-17-150x150.jpgDa redaçãoPoliciaO corpo do padre José Ronaldo de Brito, 37 anos, foi encontrado em estágio de decomposição por volta de meio-dia deste domingo (3) em Santarém, no oeste do Pará. Natural de Pernambuco, a vítima foi achada morta por populares, em uma casa no bairro Bela Vista do Juá. Apesar...