Espalhe por ai:

Com a recomendação de evitar aglomerações e fortalecer a ideia do distanciamento social para combater a disseminação do novo coronavírus, uma decisão do ministério público proibiu a realização de eventos musicais em Bragança. Todo o setor de eventos como promotores, DJs e vendedores ambulantes tem enfrentado estagnação, e afirmam que querem voltar a trabalhar.

Empresários do setor, trabalhadores diretos e indiretos dizem que ainda não conseguem estimar o prejuízo causado, com o primeiro semestre considerado morto, o fim de ano era a esperança para que conseguissem aumentar um pouco a renda, porém a decisão judicial acabou interrompendo os planos.

Uma reunião foi realizada com promotor público envolvendo secretaria de Cultura e representantes dos promotores e DJs, porém não houve mudança na decisão.

Como ainda cabe recurso a classe animal que irá recorrer da decisão entrando com uma ação no ministério público estadual.

 

FONTE: Braga News

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/IMG-20201210-WA0134-1024x575.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/IMG-20201210-WA0134-150x150.jpgDa redaçãoDestaquesCom a recomendação de evitar aglomerações e fortalecer a ideia do distanciamento social para combater a disseminação do novo coronavírus, uma decisão do ministério público proibiu a realização de eventos musicais em Bragança. Todo o setor de eventos como promotores, DJs e vendedores ambulantes tem enfrentado estagnação, e afirmam...