Espalhe por ai:

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (Psol), protocolou, nesta segunda-feira, 4, ofício convocando extraordinariamente a Câmara dos Vereadores de Belém (CMB) para “apreciação do projeto de lei que institui do âmbito municipal” o programa Bora Belém. O documento, protocolado na CMB, foi endereçado ao presidente da Casa, Zeca Pirão (MDB).

Em entrevista recente ao Grupo Liberal, Edmilson explicou o programa. “Nós temos em torno de 22 mil famílias, dentro do Cadastro Único, em situação de pobreza, pessoas que não têm bolsa família, por exemplo. Algumas têm atividades econômicas, claro, como ambulantes, informais. Mas têm nove mil famílias comandadas por mulheres e aí é o nosso foco principal no momento, buscar atender as 22 mil, mas garantir pelo menos para as nove mil famílias de mulheres, que não têm apoio de marido, que têm vários filhos.”

Ele garantiu que todas as mães que tiverem cinco ou mais filhos, receberão R$ 450 e as mães com número menor de filhos, receberão uma quantia menor.

Durante a posse, em 1º de janeiro, na CMB, novo prefeito já havia adiantado que pediria convocação extraordinária da Câmara para votar o projeto de lei que cria o programa Bora Belém. A previsão de votação é para os próximos dias.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Edmilson-Marcio-Ferreira.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Edmilson-Marcio-Ferreira-150x150.jpgDa redaçãoPolíticaO prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (Psol), protocolou, nesta segunda-feira, 4, ofício convocando extraordinariamente a Câmara dos Vereadores de Belém (CMB) para “apreciação do projeto de lei que institui do âmbito municipal” o programa Bora Belém. O documento, protocolado na CMB, foi endereçado ao presidente da Casa, Zeca Pirão...