Espalhe por ai:

Um profissional de saúde italiano fez o teste para o novo coronavírus e deu positivo. O detalhe é que ele já havia sido vacinado.

Ele trabalha no hospital de L’Aquila, na Itália, e foi infectado com a variante brasileira, mesmo depois de ter recebido a vacina da Pfizer/BioNTech.

Ele só descobriu ter sido infectado porque passou por exames periódicos realizados em todos os operadores sanitários e analisada pelos institutos de zooprofilaxia experimental de Abruzzo e Molise.

O caso ainda está sendo investigado, pois ainda há dúvidas sobre a eficácia das vacinas em relação a novas variantes. Mas as autoridades acreditam que a vacina pode ter protegido o paciente contra sintomas graves. Tanto que o trabalhador não apresentou sintomas e está em isolamento domiciliar.

Segundo relatos, o paciente pode ter contraído o vírus da mãe, após a família registrar um surto com pelo menos seis casos positivos.

Os resultados das vacinas mostram que nenhuma é cem por cento eficaz ao contágio do vírus, mas apresentam números excelentes na proteção contra o desenvolvimento de formas graves da doença.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/02/Vacina-Covid-19.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/02/Vacina-Covid-19-150x150.jpgDa redaçãoInternacionalUm profissional de saúde italiano fez o teste para o novo coronavírus e deu positivo. O detalhe é que ele já havia sido vacinado. Ele trabalha no hospital de L'Aquila, na Itália, e foi infectado com a variante brasileira, mesmo depois de ter recebido a vacina da Pfizer/BioNTech. Ele só descobriu...