Espalhe por ai:

Em todo o país, oito capitais brasileiras estão com mais de 80% de lotação nos leitos públicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 nesta semana. O levantamento é da Folha de São Paulo, com base em dados dos governos estaduais e prefeituras. Em novembro, as capitais com agravamento de casos da doença eram seis.

O destaque negativo é para as capitais de Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, que ultrapassam os 90%. Em Florianópolis, o número de leitos públicos de UTI ocupados chega a 98%; no Rio, o percentual atinge 92%; e em Natal, 92,9%. Ainda estão na lista Recife, Porto Alegre, Curitiba, Vitória e Campo Grande.

Já no Norte, o Amazonas vive um aumento de casos novos do novo coronavírus nas últimas semanas, com reflexo no aumento das internações. A lotação em 82% no mês passado levou o governo a abrir 11 novos leitos exclusivos nas últimas semanas, o que ajudou a reduzir a taxa de ocupação para 74% na capital.

No Amapá, estado que recentemente viveu um apagão elétrico, a ocupação de UTIs públicas, adulto e pediátrica, com casos de covid-19, é de 78,7%. Segundo o boletim do dia 2 de dezembro, o mais recente no site da Secretaria Estadual de Saúde do Amapá, o estado chegou a 802 mortes registradas em decorrência da doença no dia 26 de novembro.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Covid-19-leitos-1024x512.jpeghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Covid-19-leitos-150x150.jpegDa redaçãoSaúdeEm todo o país, oito capitais brasileiras estão com mais de 80% de lotação nos leitos públicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 nesta semana. O levantamento é da Folha de São Paulo, com base em dados dos governos estaduais e prefeituras. Em novembro, as capitais...