Espalhe por ai:

O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudo Socioeconômico (Dieese-PA)  divulgou na última sexta-feira, 26, um levantamento onde indica que o preço do pescado continuará com preços acima da média, mesmo durante o feriado da Semana Santa.

O levantamento indica que entre o pescado comercializado inteiro, o maior reajuste foi no kg da Pescada Gó com alta de 26,64%; Gurijuba com 25,85% e Tambaqui com alta de 23,09%.

Na comercialização das postas de peixe, os maiores aumentos ficaram com a Pescada Amarela com reajuste de 9,06%, seguida do Filhote com alta de 5,58% e da Dourada com alta de 4,04%.

Já em relação ao filé, os maiores reajustes foram da Pescada Amarela (sem pele), do Filé de Filhote e do Filé de Dourada. Curiosamente, o Filé de Salmão registrou baixa de 2,84% no mesmo período e todos os preços citados valem tanto para feiras como para supermercados.

O Governo do Estado anunciou nos últimos dias uma serie de providências para garantir o abastecimento local, como decretos que proíbem a  saída de Pescado do Pará. Espera-se que com menos pescado a disposição do público em todo o Estado saindo do Pará seja garantido um equilíbrio de preços para os consumidores paraenses.

 

Fonte: Romanews

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/03/up-ag-26069-a64cd245-9730-9bde-8614-095ffcb2f2da.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/03/up-ag-26069-a64cd245-9730-9bde-8614-095ffcb2f2da-150x150.jpgda redaçãoParáPará,pescado,preço,semana santaO Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudo Socioeconômico (Dieese-PA)  divulgou na última sexta-feira, 26, um levantamento onde indica que o preço do pescado continuará com preços acima da média, mesmo durante o feriado da Semana Santa. O levantamento indica que entre o pescado comercializado inteiro, o maior reajuste foi no...