Espalhe por ai:

Um dia após a Polícia Civil ter apresentado um dos envolvidos no assassinato do policial penal Paulo Alves da Rocha, em crime ocorrido no Conjunto Maguari, em Belém, em 14 de janeiro passado, outro policial com atuação na mesma área da segurança pública foi morto na noite desta quinta-feira (25), em Ananindeua. A vítima é o motorista de escolta, Miranildo Moura de Freitas, que foi executado a tiros.

Em Nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap)  informou que a vítima foi morta na Cidade Nova e que a “Coordenadoria de Assistência e Valorização ao Servidor está dando suporte a família”.

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios (DH), informa que foi instaurado um inquérito para apurar a morte do agente penal. Diligências estão sendo feitas para identificar e prender os envolvidos no crime, como informa a Seap. Informações sobre o caso podem ser repassadas à Polícia por meio do disque denúncia 181.

Crime

De acordo com policiais que atuam no caso, o crime ocorreu às 18h50 na passagem São Domingos em frente ao número 18E. Dois homens não identificados chegaram ao local em um carro Renault Kwid. Eles descerem do veículo e pediram à esposa do policial para se afastar. Ato contínuo, passaram a fazer disparos contra Moura. Em seguida, os autores do assassinato fugiram do local.

As primeiras informações dão conta de que o casal caminhava quando foi abordado pelos criminosos. O policial morto gostava de praticar esporte, e outros policias lamentaram a morte do colega

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/03/arma9svHLSZ.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/03/arma9svHLSZ-150x150.jpgDa redaçãoPoliciaUm dia após a Polícia Civil ter apresentado um dos envolvidos no assassinato do policial penal Paulo Alves da Rocha, em crime ocorrido no Conjunto Maguari, em Belém, em 14 de janeiro passado, outro policial com atuação na mesma área da segurança pública foi morto na noite desta quinta-feira (25),...