Espalhe por ai:
SAO PAULO, SP, 2019: Emicida (Foto: Julia Rodrigues)

O 27º Prêmio Multishow ganhou o Brasil em um formato inédito e, pela primeira vez na história, contou performances musicais espalhadas em cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Minas Gerais. A principal premiação musical do país revelou os vencedores em 16 categorias em uma cerimônia que foi comandada por um trio de gigantes: Paulo Gustavo, IZA e Tata Werneck.

O primeiro prêmio da noite foi para o grupo brasiliense Menos é Mais, vencedor na categoria Experimente. Concorriam com o quinteto de pagode Agnes Nunes, Elana Dara, Fran e Giulia Be. Pelo segundo ano consecutivo, Lagum sai vencedora do Prêmio Multishow.

Na edição de 2019 a banda levou o troféu na categoria Experimente e agora sai consagrada como o Grupo do Ano. A banda concorria com BaianaSystem, Jota Quest, Melim e Sorriso Maroto.

Jorge & Mateus, que acabam de completar 15 anos de carreira, levaram a preferência do público na categoria Dupla do Ano. Os artistas concorriam com Anavitória, Henrique & Juliano, Sandy & Junior e Zé Neto & Cristiano.

“Sentadão”, de Pedro Sampaio, Felipe Original e JS O Mão de Ouro levou a melhor na categoria Música Chiclete. O hit concorria com “Braba” (Luísa Sonza), “Desce Pro Play (PA PA PA)” (MC Zaac, Anitta e Tyga), “Menina Solta” (Giulia Be) e “Tudo OK” (Thiaguinho MT, Mila, JS O Mão de Ouro).

Depois de se consagrar a Cantora do Ano na edição de 2019 do Prêmio Multishow, Ludmilla levou o troféu de Música do Ano por “Verdinha”.

Ela concorria com “A Gente Fez Amor”, de Gusttavo Lima, “A Tal Canção Pra Lua!”, de Vitor Kley e Samuel Rosa, “Desce Pro Play (PA PA PA)”, de MC Zaac, Anitta e Tyga e “Liberdade Provisória”, de Henrique & Juliano”.

Ivete Sangalo foi escolhida como Cantora do Ano, na disputa com Aniita, IZA, Luísa Sonza e Marília Mendonça.

Uma das grandes novidades desta edição foi a inclusão da categoria Live do Ano, para homenagear as apresentações virtuais que tanto ajudaram a entreter a população no período de isolamento social.

Marília Mendonça, que bateu todos os recordes de visualizações simultâneas no YouTube, é a grande vencedora do prêmio. Ela concorreu com Bruno & Marrone, Caetano Veloso, Gusttavo Lima e Ivete Sangalo.

Gusttavo Lima foi o escolhido do público para levar o troféu de Cantor do Ano. Esta é a primeira vez que o artista leva o troféu para casa. Concorriam com Gusttavo: Dilsinho, Emicida, Vitão e Vitor Kley.

Em votação realizada no Twitter, o público escolheu “Combatchy” (Anitta, LEXA, Luísa Sonza e MC Rebecca) como vencedora na categoria Clipe TVZ. A música concorreu com “Amor de Que” (Pabllo Vittar), “Asas” (Luan Santana), “Crise de Saudade” (Léo Santana) e “Malokera” (MC Lan, Skrillex, TroyBoi, Ludmilla e Ty Dolla $ign).

Nas categorias especializadas, 10 membros do Superjúri do Prêmio Multishow, comandados por Guilherme Guedes, avaliaram e decidiram quem levou os troféus de Canção do Ano, Álbum do Ano e Revelação do Ano.

Os indicados foram eleitos pela Academia, e, diferente das demais, estas categorias não foram a voto popular. O vencedor de Canção do Ano foi “Braille”, de Rico Dalasan e Dinho; “AmarElo”, de Emicida foi escolhido como Álbum do Ano e Jup do Bairro levou o prêmio de Revelação do Ano.

Categorias e vencedores

Cantor do ano: Gusttavo Lima
Cantora do ano: Ivete Sangalo
Música do ano: “Verdinha” (Ludmilla)
Experimente: Menos É Mais
Live do ano: Marília Mendonça
Grupo do ano: Lagum
Música Chiclete do ano: “Sentadão” (Pedro Sampaio, Felipe Original, JS O Mão de Ouro)
Dupla do ano: Jorge & Mateus
Clipe TVZ do ano: “Combatchy” (Anitta, LEXA, Luísa Sonza e MC Rebecca)

Categorias Superjúri

Revelação do ano: Jup do Bairro
Canção do ano: “Braille” (Rico Dalasam e Dinho)
Álbum do ano: “AmarElo” (Emicida)
Direção do ano – Céu – Corpo Continente
Produtor do ano – Nave Beatz
Capa do ano – Rastilho – Kiko Dinucci
Gravação do ano – Rastilho – Kiko Dinucci

 

Fonte:

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/11/emicida-450x300-1.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/11/emicida-450x300-1-150x150.jpgda redaçãoEntretenimentoCultura,Entretenimento,MúsicaO 27º Prêmio Multishow ganhou o Brasil em um formato inédito e, pela primeira vez na história, contou performances musicais espalhadas em cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Minas Gerais. A principal premiação musical do país revelou os vencedores em 16 categorias em uma cerimônia...