Espalhe por ai:

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) liberou o aumento de preços dos remédios a partir desta quinta-feira, (1º/4), conforme resolução publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circulou na noite de quarta-feira, 31. Segundo o texto, o ajuste máximo de preços permitido chega a 10,08%.

A classe terapêutica dos medicamentos determina o reajuste máximo: 10,08% (nível 1); 8,44% (nível 2); 6,79% (nível 3).

A resolução determina que as empresas produtoras deverão divulgar amplamente os preços dos medicamentos, por meio de publicações em mídias especializadas de grande circulação.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/04/remedios-1024x513.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/04/remedios-150x150.jpgDa redaçãoSaúdeA Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) liberou o aumento de preços dos remédios a partir desta quinta-feira, (1º/4), conforme resolução publicada em edição extra do Diário Oficial da União que circulou na noite de quarta-feira, 31. Segundo o texto, o ajuste máximo de preços permitido chega...