Espalhe por ai:

Clube do Remo e Manaus-AM terão um decisivo tira-teima. Cada equipe tem uma vitória e um empate nos três jogos realizados até o momento entre si. A soberania no encontro direto, contudo, será um fator secundário. Isso por que a partir das 19h deste sábado (28), na Arena da Amazônia, o ponto principal será a conquista de uma vaga à segunda fase desta edição da Série C do Campeonato Brasileiro. Para os azulinos, um empate já basta para atingir o objetivo, algo que os próprios jogadores e técnico trataram de colocar de lado e focar inteiramente no triunfo.

Diferentemente das partidas passadas do Leão Azul, quando ausências importantes atrapalharam o bom desenvolvimento do seu sistema tático, nesta noite, Paulo Bonamigo terá opções de jogadores importantes, casos de Tcharlles e Hélio, ao lado do novato Augusto.

A disponibilidade dos atletas reforça uma montagem mais ofensiva e habitual do que o time vinha apresentando até entrar em declínio nos últimos jogos. Além disso, o reencontro frente aos manauaras destaca uma marca interessante para Bonamigo. Foi diante do rival de hoje que o treinador fez a sua reestreia pelo Clube do Remo com direito a uma vitória que deu o pontapé para figurar na parte de cima da tabela com a equipe.

Nesse sentido, Paulo Bonamigo destacou que o time vai a campo em busca de uma apresentação perfeita. “É ter a mente forte, saber que o adversário vem forte, mas que nós temos o potencial para fazer um bom jogo. Não podemos ter medo e é esse o fator que nos dará uma segurança. Jogar com personalidade”, adianta.

Sobre a qualidade do adversário, que segue invicto há seis jogos e vem de uma vitória maiúscula frente ao líder e único já classificado do grupo, o Santa Cruz-PE, o comandante azulino tratou com respeito o Gavião e mostra que aguarda um jogo duro. “Pela regularidade na competição, é uma equipe que dentro de uma análise é difícil encontrar um ponto fraco. Nesse funil, as equipes estão mais encaixadas e preparadas. Por se tratar de um jogo decisivo, nós temos que buscar um jogo de alto nível”, pondera.

Tem novato para mostrar serviço Augusto está regularizado e se diz pronto para entrar em campo

Para o duelo desta noite contra o Manaus-AM, a cartilha para o Clube do Remo é simples: empatar ou vencer para classificar ou, do contrário, ter de lutar, mais uma vez, por uma vaga à segunda fase da Série C na última rodada e diante do maior rival, o Paysandu. Com a memória da lambança da temporada passada, essa segunda opção nem passa pela cabeça do grupo de jogadores e comissão técnica. Por isso, o time precisa voltar a fazer com perfeição um detalhe que tem passado batido, marcar gols. O recém-chegado Augusto, anunciado e apresentado nesta semana, espera chegar logo chutando o pau da barraca e mostrar a que veio ao Leão Azul.

Regularizado junto ao BID da CBF desde ontem, o centroavante que também faz o papel de ponta-esquerda adiantou que está em plenas condições físicas para jogar, caso seja acionado pelo técnico Paulo Bonamigo. Para o atleta, o objetivo atual é ajudar a sua nova equipe a avançar de fase. “Qualquer jogador que chega ao Remo tem uma responsabilidade muito grande. Espero corresponder da melhor maneira possível e ajudar o grupo”, disse.

Até por isso, em um momento que o time conta com a reerguida do seu setor ofensivo que tem dado mole nas últimas rodadas, Augusto deixou claro que fará o possível para corresponder e fazer o que tem feito de melhor ao longo desta temporada. “O clube está brigando pelo acesso à Série B. Atacante vive de gol e espero manter, aqui também, o que eu venho fazendo nos últimos anos”, almeja.

GEDOZ

Contra o Manaus-AM, o Clube do Remo viverá literalmente um clima de final de campeonato. Isso porque o time joga pela sua classificação antecipada. Um empate garante o objetivo, mas, a expectativa é voltar a vencer. Até por isso, esse é o momento ideal para que alguns atletas desencantem, como é o caso do meia-atacante Felipe Gedoz.

Com o retorno de alguns jogadores à disposição da comissão técnica, a escalação do atleta no time titular ficou ameaçada devido à baixa produtividade na rodada anterior. “Sei que tenho muito a oferecer e com certeza muito mais do que mostrei nesses dois jogos. Graças a Deus já tive um tempo de entrosamento e espero nesse final de semana estar à ordem do professor (Paulo Bonamigo) para fazer um grande jogo”, disse. “Quem entra tenta dar o seu melhor. Quem também está de fora, muitas vezes, é quem decidem o jogo”, disse sobre a confiança comum no elenco.

Manaus quer se valer de bom momento

O Manaus espera ao longo desta noite, encaminhar a sua classificação ao quadrangular final da Série C. Para isso, a equipe precisa passar por cima do Clube do Remo, rival conhecido, no compromisso desta 17ª rodada do certame. Embora o adversário paraense esteja melhor posicionado na tabela, na vice-liderança, o Gavião do Norte não poderia encontrar um momento melhor para bater de frente contra o rival da região.

Enquanto o Leão não sabe o que é vencer há dois jogos, o time manauara segue invicto há seis rodadas e com uma vitória em sua última participação, o triunfo por 2 a 1 sobre o líder Santa Cruz-PE. Além disso, outro fator especial é a soberania em casa, já que o Manaus é o único time da chave que segue imponente como mandante.

O bom aproveitamento em casa, aliás, não é novidade. O Manaus não sabe o que é derrota em seus domínios desde agosto de 2018, algo que deixa o grupo ainda mais motivado. O técnico Luizinho Lopes, por sinal, espera outra pontuação máxima. “A gente vem fazendo uma campanha nos últimos seis jogos de G-4, literalmente. Única equipe que não perdeu dentro de casa. Com muita humildade, com muito trabalho, com muito foco a gente segue olhando para a parte de cima da tabela”, espera.

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/11/WhatsApp-Image-2020-11-28-at-12.49.03-1024x683.jpeghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2020/11/WhatsApp-Image-2020-11-28-at-12.49.03-150x150.jpegda redaçãoDestaquesbrasileirão,campeonato brasileiro,Remo,Série CClube do Remo e Manaus-AM terão um decisivo tira-teima. Cada equipe tem uma vitória e um empate nos três jogos realizados até o momento entre si. A soberania no encontro direto, contudo, será um fator secundário. Isso por que a partir das 19h deste sábado (28), na Arena da...