Espalhe por ai:

Uma única injeção da vacina contra o coronavírus da Universidade de Oxford, que tem parceria no Brasil com a Fiocruz, é 76% eficaz na prevenção da covid sintomática e pode ter um “efeito substancial” na transmissão, sugere a pesquisa.

Em um grande impulso para a campanha de imunização do Reino Unido, a análise dos testes de vacina revelou que a primeira dose foi extremamente bem-sucedida em evitar que as pessoas adoecessem no período de 12 semanas entre a administração da segunda dose.

Quando a segunda dose é administrada depois de três meses, a eficácia do jab é aumentada para 82,4 por cento, de acordo com o estudo, que foi submetido ao The Lancet para publicação.

Os resultados, a partir de 17 mil voluntários do estudo, sugerem que a aposta da vacinação da Grã-Bretanha para atrasar a administração da dosagem valeu a pena.

Em uma tentativa de obter uma cobertura mais ampla da vacina mais rapidamente, os reguladores mudaram o plano original de dar às pessoas a segunda dose após 21 dias, quando a vacina da Universidade de Oxford / AstraZeneca foi aprovada no final de dezembro.

Estratégia

A segunda dose foi adiada por 12 semanas na esperança de que dar proteção parcial ao maior número possível de pessoas vulneráveis ​​reduzisse as internações hospitalares.

Boris Johnson twittou: “Dados realmente encorajadores de um novo estudo de hoje mostram que a vacina Oxford / AZ oferece proteção significativa contra o vírus.”

A vacina da Oxford já está sendo aplicada no Brasil, mas chegaram apenas dois milhões de doses vindos da Índia.

Transmissão

A análise de testes positivos realizada em quase 7.000 pacientes no braço do estudo de Oxford no Reino Unido sugere que a vacina pode reduzir a transmissão em 67%.

O secretário de Saúde Matt Hancock descreveu as descobertas como “extremamente encorajadoras”, acrescentando: “Isso reforça ainda mais nossa confiança de que as vacinas são capazes de reduzir a transmissão e proteger as pessoas desta doença terrível.”

Dr. Gillies O’Bryan-Tear, da Faculdade de Medicina Farmacêutica, disse que o estudo sugere que a vacina Oxford-AstraZeneca pode ser o “Santo Graal” da imunização.

FONTE: Oliberal

Espalhe por ai:
https://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/02/vacoronavi.jpghttps://www.braganews.com.br/wp-content/uploads/2021/02/vacoronavi-150x150.jpgDa redaçãoInternacionalUma única injeção da vacina contra o coronavírus da Universidade de Oxford, que tem parceria no Brasil com a Fiocruz, é 76% eficaz na prevenção da covid sintomática e pode ter um 'efeito substancial' na transmissão, sugere a pesquisa. Em um grande impulso para a campanha de imunização do Reino...